STF autoriza Pazuello a ficar em silêncio em depoimento na CPI da Covid

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal) concedeu nesta sexta-feira (14) habeas corpus preventivo ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello em função do depoimento marcado para a próxima quarta-feira (19), na CPI da covid-19 no Senado. O habeas corpus foi apresentado pela AGU (Advocacia-Geral da União) com pedido de liminar. Nesta sexta-feira, em ofício, o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL) disse ao STF que o silêncio de Pazuello atrapalharia os trabalhos da comissão.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

You May Also Like