Presidente da Anvisa afirma que recusa da Covaxin foi por não cumprimento de requisitos

O presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, afirmou nesta terça-feira (11) que a rejeição da importação da vacina da Índia, a Covaxin, ocorreu após uma série de falhas apresentadas nos estudos do imunizante. O Brasil receberia 20 milhões de doses da Índia após contrato assinado pelo Ministério da Saúde. Também em março, a agência havia negado o Certificado de Boas Práticas de Fabricação ao laboratório indiano Bharat Biotech, responsável pela produção.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

You May Also Like