Polícia reúne informações para traçar perfil de assassino da creche de SC

A Polícia Civil de Santa Catarina quer traçar um perfil psicológico do assassino que matou três bebês e duas professoras na creche Pro-Infância Aquerela, em Saudades (SC), na terça-feira (4). A polícia quer saber com quem ele se comunicava, quais páginas costumava acessar na internet, e como comprou a arma usada no ataque – uma lança do tipo ninja. O Ministério Público pediu a quebra do sigilo de dados do agressor de 18 anos.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

You May Also Like