Justiça reconhece a Covid-19 como doença do trabalho

A Justiça de Minas Gerais reconheceu a Covid-19 como um doença do trabalho depois da morte de um caminhoneiro, que foi infectado durante uma viagem. Para o juiz que avaliou o caso, a empresa não conseguiu comprovar que a doença foi contraída em outro local, que não o de trabalho, além da atividade ser executada durante a pandemia, que já colocaria em risco a vida do profissional. Para entender melhor essa questão, conversamos com Vinícius Fluminhan, professor de Direito Trabalhista da Universidade Presbiteriana Mackenzie de Campinas.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews

You May Also Like